• Notícias
Pesquisa: preço dos imóveis tem menor aumento mensal desde 2010

O aumento médio do metro quadrado dos imóveis foi de 0,8% em outubro - o menor desde setembro de 2010. O dado é apurado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) em parceria com o site Zap Imóveis e leva em conta imóveis anunciados em sete regiões brasileiras (São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Belo Horizonte, Salvador, Recife e Fortaleza). São Paulo, Rio e Recife tiveram a maior alta mensal em outubro: 1,1%.

A alta do preço dos imóveis tem desacelerado desde setembro de 2011, embora ainda suba a um ritmo maior que o da inflação. Nos últimos 12 meses, a alta acumulada na média é de 11,6%. Contudo, São Paulo (13,5%), Rio de Janeiro (12,8%) e Recife (16,8%) ainda têm aumento nos preços acima da média. A desaceleração mais sentida ocorre no Distrito Federal, onde o aumento acumulado nos últimos 12 meses é de 2,4%

A alta dos preços em São Paulo em outubro foi puxada pelos imóveis de 1 dormitório (1,4%), que têm o preço do metro quadrado mais caro da capital paulista: R$ 8.027. No Rio, o metro quadrado dos imóveis de 1 dormitório também foi o que mais subiu em outubro: 1,4% para R$ 10.303.

Os metros quadrados mais caros em São Paulo estão nos bairros do Ibirapuera e Vila Nova Conceição (R$ 11.123), Jardim Paulistano (R$ 9.908) e Itaim (R$ 9.327). Já no Rio, os imóveis com metro quadrado mais caro estão no Leblon (R$ 19.140), Ipanema (R$ 17.228) e Lagoa (R$ 14.627).

Fonte: SITE TERRA

Notícias Relacionadas
  • Ver todas as notícias
  • 25/04/2013
    Cerâmica do Minha Casa, Minha Vida pode..
    Ler notícia
  • 25/04/2013
    Preço de imóveis desacelera, e BC diz..
    Ler notícia
  • 25/04/2013
    Imóveis no Brasil seguem mais valorizados do..
    Ler notícia
  • Ver todas as notícias