• Notícias
Alta no preço dos imóveis diminui no Brasil

O preço do metro quadrado dos imóveis no Brasil continua subindo, mas teve o menor aumento em 25 meses. O preço médio do metro quadrado no País subiu 0,9% de agosto para setembro, divulgou nesta quarta-feira a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) em pesquisa conjunta com o site Zap Imóveis. A cidade de São Paulo, porém, teve um movimento contrário e a alta em setembro foi ainda maior que em agosto.

Aluguel: veja os bairros mais baratos para se morar em São Paulo

Na capital paulista, que teve a maior alta do preço do metro quadrado em setembro dentre as sete cidades pesquisadas, a variação foi de 1,5%. A alta acumulada em São Paulo em 2012 chega a 12,3%.
Já a alta acumulada na média do País é de 10,6% em 2012. Puxam esse índice para baixo as variações no Distrito Federal (3,8%), Salvador (6,1%) e Belo Horizonte (6,1%).
O Rio de Janeiro, que teve alta de 1,2% em setembro e acumula variação positiva de 11,6% em 2012, tem o metro quadrado mais caro do País, segundo a pesquisa: R$ 8.358. O Distrito Federal aparece na segunda colocação (R$ 8.143), seguido de São Paulo (R$ 6.806).

Áreas nobres

A pesquisa também mostra quais os bairros com metro quadrado mais caro em São Paulo e Rio de Janeiro. Na capital paulista o ranking é encabeçado por Ibirapuera/Vila Nova Conceição (R$ 11.111), Jardim Paulistano (R$ 9.606) e Itaim (R$ 8.753).
Na capital fluminense, os bairros com metro quadrado mais caro são Leblon (R$ 18.332), Ipanema (R$ 16.984) e Lagoa (R$ 14.795). O índice acompanha a variação de preços de metro quadrado de apartamentos prontos em seis cidades mais o Distrito Federal com base nos anúncios dos imóveis no site Zap Imóveis.

Fonte: Site Terra

Notícias Relacionadas
  • Ver todas as notícias
  • 25/04/2013
    Cerâmica do Minha Casa, Minha Vida pode..
    Ler notícia
  • 25/04/2013
    Preço de imóveis desacelera, e BC diz..
    Ler notícia
  • 25/04/2013
    Imóveis no Brasil seguem mais valorizados do..
    Ler notícia
  • Ver todas as notícias